• Flávia Mesquita

Which Way?


À medida que o tempo passa, e vamos ficando mai velhos, vamos ficando cada vez mais polarizados. Em nós mesmos. Isso também acontece com vocês? O que queremos, queremos com força. E o que não queremos também.

Não acho que isso tem a ver somente com idade, mas com maturidade. Hoje vejo gente jovem super definida em seus conceitos, coisa que na minha juventude não se via não. Éramos frequentemente influenciáveis pela música, pela moda, e pelos modismos em geral. Hoje sou mais velha, e acredito que mais madura também, então vejo essa definição de maneira diferente. O que antes nos lançava a qualquer vento já não nos interessa, e expressamos hoje, jovens e maduros, o valor de nossas convicções, porque temos todas elas bem nítidas em nós. Já disse isso antes, e ainda penso que o polarizado não precisa ser ruim, se o polo escolhido for, cada vez mais, na direção da ética, da fraternidade e do desenvolvimento humano. (overlays - 2017)

32 visualizações
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
Posts Recentes
Arquivo